Quem Somos

Quem somos

A Associação Novo Futuro é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, de âmbito nacional, sem fins lucrativos e considerada de superior interesse social ao abrigo do estatuto do Mecenato, que tem como tarefa principal providenciar nos seus 8 Lares Residenciais, cuidados físicos, emocionais e sociais a 73 crianças e jovens com idades compreendidas entre os 3 e os 18 anos, privados de meio familiar seguro e privilegiando os grupos de irmãos.

Fundada em Portugal em 1996 pela Srª. Drª. Maria de Jesus Barroso, adotou o espirito da Associacion Nuevo Futuro, fundada em Espanha, em 1968 com o alto Patrocínio da Infanta Doña Pilar de Borbón.


Informação Institucional

· Relatório e Contas 2016

· Mensagem da Direção 2015
· Relatório de Atividades 2015
· Relatório e Contas 2015

· Mensagem da Direção 2014
· Relatório de Atividades 2014
· Relatório e Contas 2014


Onde Estamos

A Nuevo Futuro é uma Federação Internacional, que está presente no Mundo, nos seguintes países:

· Colômbia
· Espanha
· Ilhas Canárias
· Perú
· Portugal
· São Tomé
· Senegal



A nossa Origem

É sempre importante conhecer a história das instituições, pois essa história, inscrevendo-se no passado, alimenta o presente e o futuro.

Em 1995, a Sra. Dra. Maria de Jesus Barroso, à data Primeira Dama de Portugal, foi contactada pela Embaixatriz de Portugal em Madrid - Teresa Mathias - no sentido de se realizar um encontro com a Infanta Doña Pilar de Borbón, que pretendia dar a conhecer a Associação Espanhola Nuevo Futuro.

Manifestando o maior interesse, a Sra. Dra. Maria de Jesus Barroso, reuniu-se com a Infanta Doña Pilar de Borbón, e a Embaixatriz Teresa Mathias. A Infanta Espanhola relatou a história da Associação em Espanha, já com cerca de 28 anos de existência e, dadas as relações afectuosas que mantinha com Portugal, disponibilizou-se a apoiar e colaborar na criação de uma Associação em Portugal, em tudo semelhante há já existente em Espanha.

Foi em 1996 que se tornou possível registar notarialmente os estatutos da Associação de Lares Familiares para Crianças e Jovens Novo Futuro, para o arranque do projecto em Portugal. A Associação assumiu-se, desde logo, como uma instituição particular de solidariedade social. Foi através da extrema generosidade da Associação espanhola, que se adquiriu o primeiro lar, no Algueirão, cujo arranque em tudo dependeu da partilha de experiências entre ambas as equipas.

Cabe aqui referir o nome de uma Senhora, que deu um impulso fundamental à Instituição nesta fase: trata-se de Maria do Céu Gonçalves Lopes, que, com muita perseverança, participou no difícil processo de legalização da Associação Novo Futuro e também no seu reconhecimento como IPSS.

Em Setembro de 1997 foram acolhidas as primeiras crianças e jovens no lar do Algueirão. Seguiram-se em 1998, a abertura das casas Amarela e Verde, em Lisboa; em 1999, abriu em Vila Nova de Gaia; em 2000, no Estoril; em 2002, na Graça, em Lisboa. Em 2006 alargou-se o lar de Gaia, anexando uma casa geminada. Em 2011 abriu o lar em Manique e em 2012 o lar de Mira Sintra.

Desde o início que existem acordos de cooperação com a Segurança Social.

O primeiro presidente da Associação foi o magistrado Sr. Dr. Rui Barreiros. Cabe também referir, o trabalho desenvolvido pelas direcções que se seguiram, representadas pelas suas Presidentes: Sra. D. Judith Martins Alves, Sra. Dra. Mercedes Balsemão e a Sra. Dra. Isabel Guerra.

Desde 2009 exerce as funções de Presidente, a Sra. Dra. Isabel Maria Mégre de Sousa Coutinho.

Os membros da Direção exercem funções, em total regime de Voluntariado.

Sócios fundadores da Associação Novo Futuro

Almiro Simões Rodrigues Ramalhoto
Ana Cláudia Melich Cerveira
Ana Maria Marques Pires Vicente
Ana Sofia de Castro Leitão Monjardino
António Guilherme Baião Papão
Armando Acácio Gomes Leandro
Eduardo Joaquim Fragoso Martins Soares
Isabel Maria Ferreira Costa Lamas
João de Oliveira Dias Lamas
José Eduardo Ferreira da Silva Gomes Pereira
José Joaquim de Jesus Xavier Ferreira
José Marçal Gonçalves Lopes
José Maria da Cunha Rego de Amorim
Judite de Assunção Martins dos Santos Martins Alves
Luís Miguel Soares de Albergaria
Manuel de Sousa e Holstein Beck
Marçal dos Santos Lopes
Margarida Ana Perestrello Ribeiro Ferreira
Maria Amélia Barbosa Magalhães Carneiro
Maria Ana de Mello e Castro Serras
Maria Bouza Serrano
Maria da Conceição Soares de Albergaria
Maria de Jesus Simões Barroso Soares
Maria del Mar Tornos y Zubiria
Maria do Céu Fragoso Martins Soares Gonçalves Lopes
Maria Helena de Sequeira Serra Xavier Ferreira
Maria José Graça Moura
Maria Madalena Mendes Pessoa Fragoso
Maria Margarida Delgado Liberato Papão
Maria Margarida Travassos Valdez Ludovice
Ricardo Manuel Martins Soares Gonçalves Pereira
Rita Isabel Liberato Papão
Rui Barreiros da Silva
Teresa Maria Pinheiro de Sá Gomes Pereira
Tereza Maria de Sousa e Holstein Salgado Simões de Almeida
Thereza Vera Osório Mayer de Carvalho Mathias
Vanessa Patrícia Amorim dos Santos Rosa Gonçalves Pereira